CLICK HERE FOR FREE BLOGGER TEMPLATES, LINK BUTTONS AND MORE! »


.

EDUCAÇÃO INFANTIL E EDUCAÇÃO CRISTÃ PARA CRIANÇAS



ORIENTAÇÕES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

ORIENTAÇÕES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL
CLICAR NA IMAGEM

Você é muito importante!

                             

Participe do Blog Com a Gente

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

O Marceneiro e as Ferramentas


Contam que, em uma marcenaria houve uma estranha assembléia.
Foi uma reunião onde as ferramentas juntaram-se para acertar suas diferenças.
Um martelo estava exercendo a presidência, mas os participantes exigiram que ele renunciasse.

A causa?

Fazia demasiado barulho e além do mais, passava todo tempo golpeando.

O martelo aceitou sua culpa, mas pediu também que fosse expulso o parafuso, alegando que ele dava muitas voltas para conseguir algo.

Diante do ataque, o parafuso concordou, mas pôr sua vez pediu a expulsão da lixa.
Disse que ela era muito áspera no tratamento com os demais, entrando sempre em atritos.

A lixa atacou, com a condição de que se expulsasse o metro, que sempre media os outros segundo a sua medida, como se fosse o único perfeito.

Nesse momento entrou o marceneiro, juntou todos e iniciou o seu trabalho.
Utilizou o martelo, a lixa, o metro, o parafuso...
E a rústica madeira se converteu em belos móveis.

Quando o marceneiro foi embora, as ferramentas voltaram à discussão.

Mas o serrote adiantou-se e disse: senhores, ficou demonstrado que temos defeitos, mas o marceneiro trabalha com nossas qualidades, ressaltando nossos pontos valiosos.
Portanto, em vez de pensar em nossas fraquezas, devemos nos concentrar em nossos pontos fortes.

Então a assembléia entendeu que o martelo era forte, o parafuso unia e dava força, a lixa era especial para limpar e afinar asperezas, e o metro era preciso e exato.
Sentiram-se como uma equipe, capaz de produzir com qualidade, e uma grande alegria tomou conta de todos pela oportunidade da trabalhar juntos.

O mesmo ocorre com os seres humanos.

Quando uma pessoa busca defeitos em outra, a situação torna-se tensa e negativa.
Ao contrário, quando se busca com sinceridade os pontos fortes dos outros, florescem as melhores conquistas humanas.

É fácil encontrar defeitos, qualquer um pode fazê-lo, mas encontrar qualidades?
Isto é para os sábios!


Painel de Aniversariantes dos Funcionários da Escola - 2014

Oi colegas? 
Tudo bem com vocês?
Hoje vim postar o painel dos aniversariantes da minha escola. Fiz à pedido da minha diretora e claro que não poderia deixar de trazer tudoooo para vocês; e quando eu falo tudo é tudo mesmo: dicas, moldes, arquivos para baixar!
O modelo eu retirei da internet e foi escolhido pela diretora Kélvia, mas claro que dei meus retoques pessoais. Cada flor grande representa um mês e cada borboletinha representa um aniversariante. 
Materiais:                                       

  • EVA's nas cores de sua preferência; 
  • Moldes; 
  • Tesouras (grande e pequena); 
  • Cola quente; 
  • Brilho; 
  • Pincel para quadro branco na cor preto. 

Dica: Você pode pingar uma gotinha do brilho em cada um dos quatro cantos nas asas das borboletas; depois espalhe com o dedo como na imagem abaixo.

Dica: Corte tirinhas pequenas e finas para as antenas das borboletas.
Placa verde (parte superior): 48x31 cm
Tiras marrons verticais: 8x87 cm
Tiras marrons horizontais: 8x63 cm
Grama (parte inferior): 52x6 cm

As letras do "PARABÉNS" você encontra 
AQUI. 

Onde será que a Tia Jaque está??? rsrs
Moldes da Borboleta

Moldes
clicar para ampliar e salvar

E então? O que vocês acharam?
Deixa um comentário pra mim, vai!

         Fiquem com Deus!          

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Coisas da Bia - Bonecos Feitos com Copinhos de Iogurtes

Oi gente, como vocês estão?
Essa postagem é especial, pois foi ideia da minha filha Beatriz (7 anos). Ela criou bonecos com copinhos de iogurtes e eu achei o máximo, além de ser uma linda atitude de cuidar do nosso planeta através da reciclagem. 
Com vocês, Beatriz:

Painel dos Números - Flores (2013/2014)

Olá pessoal!
Essa flor foi criada por mim para fazer parte da ornamentação de uma turma de 1º ano; resolvi refazê-la para colocar os números da minha sala de creche. Por que eu gosto dela? Simples. Porque ela é fofinha e 'redondinha'.
Baixar moldes dos números Aqui.

Fiquem com Deus!                                               

Balão Coração - Painel dos Aniversariantes (2014)

Oi pessoal tudo ok?
Bem, esse ano (2014) na minha sala não tem muita novidade. Vou reutilizar todos os painéis principais do ano passado - 2013 (turma Mig & Meg), pois estão beeeeem conservados. Tive que pensar em outra coisa para colocar os nomes dos aniversariantes e o que me veio à mente foi um "balão de coração".
É bem simples e tem molde!
Veja:

Tive que fazer em cartolina, mas claro que fica muito mais bonito feito em EVA ou cartolina dupla face; quanto mais colorido melhor.

Molde - clicar para salvar

                    Fiquem com Deus                     

Moldes de Letras 1

Oi amores?
Quem aí quer um molde de letras tortinhas e fofas?


ESSAS LETRAS SÃO BEM BACANAS PARA A CRIAÇÃO DE PLACAS PERSONALIZADAS PARA PORTAS. 
ORGANIZEI O MOLDE EM PDF PARA VOCÊS.
NOTE QUE A LETRA ORIGINAL TEM SOMBRA; NO MOLDE VOCÊ DESCARTARÁ ESSA SOMBRA. COMO NA IMAGEM ABAIXO POR EXEMPLO, A LETRA 'A'  SERÁ RECORTADA NA PARTE TRACEJADA EM VERMELHO.
OBS: AS LETRAS NOS MOLDES NÃO ESTÃO TRACEJADAS EM VERMELHO.
O ARQUIVO CONTÉM LETRAS E NÚMEROS.


BAIXAR MOLDES AQUI

BAIXAR FONTE PARA SEU COMPUTADOR AQUI

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Sua Criança Precisa Desenhar

Desenhar é tão bom. Às vezes sento com minha filha na mesa e fazemos 'concurso' de desenho - onde todos que participam são vencedores. Escolhemos um tema e começamos a nos divertir. Até o pai dela participa de vez em quando, kkkkk.
Eu, particularmente, AMO desenho de criança, principalmente daquelas que estão iniciando no 'mundo dos traços'. Acredito que ao desenhar a criança expõe tudo aquilo que passa por sua cabeça; mesmo que o desenho não seja lá tão definido e lindo, ela está colocando sua imaginação num papel.
Um dos itens (altamente) necessários na lista de materiais da minha turma é o CADERNO DE DESENHO. Estamos sempre usando em sala seja para 'desenho livre' ou 'desenho dirigido'.

Se você acha que deixar suas crianças desenharem não é tão importante assim, lhe aconselho a mudar de opinião. As crianças precisam (e devem) desenhar sempre e você professor(a) tem um papel importantíssimo na realização dessa atividade.


Para encorajar você a pensar na importância do ato do desenhar selecionei algumas matérias bacanas sobre o assunto. Não deixe de ler (links abaixo da imagem).

arquivo em PDF para baixar


- SUGESTÕES DE ATIVIDADES COM DESENHO:
  • Desenho Livre e Individual (na folha ou no caderno);
  • Desenho Dirigido (sobre algum assunto ou história);
  • Desenho Coletivo ou Em Grupo (em cartolinas ou na parede).
- DE DIFERENTES MANEIRAS COM DIFERENTES MATERIAIS
  • Desenho com Lápis;
  • Desenho com Lápis de Cor;
  • Desenho com Canetinhas Coloridas;
  • Desenho com Giz de Cera;
  • Desenho com Giz Branco Molhado;
  • Desenho com Carvão;
  • Desenho na Areia;
  • Desenho na Parede (ou na Cartolina).
E por aí vai; são muitas maneiras de colocar os pequenos para trabalharem, eles só precisam que VOCÊ professor(a) dê a oportunidade e os incentivos! 

O incrível é que tem criança (de 3 anos, imagina só) falando "tia, eu não sei desenhar" - eu escuto essa frase quase que diariamente!! É aí que nós professores entramos com palavras de incentivo:
"- Você vai conseguir; eu sei que você é inteligente!"

Essa semana estamos contanto uma estória sobre o elefante, ou seja, as crianças deveriam desenhar o personagem principal da estorinha; isso é o que chamamos de 'DESENHO DIRIGIDO'.
Veja as fotos:
DESENHO DA MARIA CECÍLIA
(3 anos)
DESENHO DO JOÃO VÍTOR
(3 anos)
DESENHO DA VITÓRIA BEATRIZ
(3 anos)
DESENHO DO FRANCISCO VÍTOR
(4 anos)
DESENHO DO EDCARLOS
(3 anos)

Fiquem com Deus

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Tia Camila em Outra Escola :'(

Existem pessoas que passam pela nossa vida e instantaneamente se tornam mega especiais. Foi o caso da Camila. Conheci ela no ano passado (2013), no qual trabalhamos juntas. Porém esse ano (2014) para minha tristeza, a Tia Camila não permaneceu na mesma escola que eu, mas para minha alegria soube que ela será professora titular de uma turma de creche de outra escola. Essa lagarta virou borboleta e sinto-me feliz em ter participado desse processo! 

DEUS TE ABENÇOE NESSA NOVA ETAPA CAMILA!

Tia Camila e suas artes continuam por aqui...



6 Hábitos Mais Comuns de Pessoas Inteligentes

Todos nós conhecemos alguma pessoa, famosa ou não, que admiramos por sua inteligência - e não é incomum nos pegarmos pensando em como essa pessoa consegue conhecer tantos assuntos e conversar sobre diversos temas com tamanha habilidade.
A verdade é que nós temos a capacidade de aprender sobre aquilo que quisermos e, talvez, o que essas pessoas estejam fazendo é aproveitar melhor seu tempo e habilidade para estimular a aprendizagem. Confira 6 hábitos que pessoas inteligentes costumam ter e inspire-se:

1 - Nunca param de aprender
Estudar não se resume a simplesmente cursar o ensino fundamental, o médio e fazer uma faculdade: o hábito dos estudos está ligado à aprendizagem, e essa deve persistir por toda a nossa vida. Você não precisa aprender coisas novas apenas na escola, mas também no dia-a-dia, lendo informações curiosas como bulas de remédios e aprendendo o funcionamento de objetos, ou seja, aproveitando cada instante para descobrir algo.

2 - São boas observadoras
É possível aprender muito observando coisas e pessoas, e é isso que pessoas inteligentes fazem. Olhe o mundo com curiosidade, tentando enxergar novidades até mesmo no que você já conhece.

3 -Transformam erros em aprendizado
Errar não é sinônimo de falta de inteligência, mas sim de uma tentativa de acertar ao fazer alguma coisa. A diferença é que as pessoas inteligentes não classificam seus erros como algo pejorativo, mas sim como oportunidades de aprendizado e de realizar novas tentativas. Tente pensar dessa forma e perceba a diferença.

4 - Não desistem fácil
Nenhum objetivo pode ser atingido sem esforços, portanto, para ser alguém mais inteligente é necessário que você não desista logo na primeira vez que algo não der certo. Mantenha a cabeça erguida, veja o que falhou e tente quantas vezes forem necessárias. Se até os maiores gênios da história cometeram erros, por que você não cometeria?

5 - Se relacionam com pessoas inteligentes
Querendo ou não, as pessoas tendem a sofrerem influência, mesmo que mínima, de colegas e amigos próximos. Pessoas inteligentes conseguem entender a importância de suas companhias e procuram andar com quem as inspira a serem melhores, dão conselhos e ajudam em fases difíceis com bons conselhos.

6 - Não se acham inteligentes
Pessoas inteligentes não costumam se gabar do quanto sabem, mesmo porque esse não é o objetivo do seu aprendizado. Elas aprendem simplesmente porque gostam de conhecer diferentes assuntos, e não para impressionar os outros. Portanto, mesmo que você conheça muito sobre determinado tema, não se envaideça, mas sim compartilhe gentilmente aquilo que sabe.


FONTE: Diário do Nordeste

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Revista O Evangelista de Crianças

Oi pessoas lindas! Como vão?
Quero lhes apresentar essa revista abençoadíssima!
Já conhecia a revista O Evangelista de Crianças, porém só realizei meu sonho de fazer a assinatura dela este ano (2014); e hoje chegou a minha primeira (de muitas - assim o Senhor permita). Já estou lendo e sonhando com projetos no Ministério Infantil da minha igreja. 
Esse ano iniciou com um desafio para a minha vida - permitido por Deus, pois nada acontece sem Sua permissão. Diante de algumas dificuldades me vi sozinha e cansada à frente de meu Ministério com crianças. Porém o Senhor estava comigo o tempo todo e sabia do meu cansaço. Ele, com Seu amor infindo, renovou minhas forças e permitiu que mais uma vez eu estivesse à frente do grupo de crianças da minha congregação. Deus é Fiel. Ele é Lindo, Maravilhoso... e SURPREENDENTE!!!
Deus ama os pequeninos e bendito todo aquele a quem Ele chama para essa obra especial!


Se você tem um chamado de Deus para o trabalho com crianças entregue-se nessa obra! O Dono da obra estará com você!



Conheça o site da APEC - Aliança Pró Evangelização das Crianças clicando

APEC no Facebook,
clica AQUI e curte!!!!!

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Cartão de Aniversário Para Imprimir

Oi meus queridos? Tudo bem com vocês? 
Este cartão é o que vou usar para minha turminha este ano (2014) e organizei um arquivo em PDF com quatro (4) cartões para você imprimir e colocar os nomes - e as datas - dos seus alunos aniversariantes. Espero que gostem.
Abraço!

BAIXAR ARQUIVO

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Atividades Interativas Para o Desenvolvimento de Habilidades



As atividades interativas abaixo são exemplos de como procuramos elaborar atividades educacionais divertidas com o objetivo de promover o desenvolvimento das habilidades socioemocionais, cognitivas, sensório-motoras e de comunicação de pessoas com diagnósticos do Espectro do Autismo, Transtornos Globais do Desenvolvimento, Síndrome de Asperger e características similares. Nosso objetivo é inspirar a pessoa com dificuldades de interação e comunicação para que ela queira interagir conosco e, dentro desta interação prazerosa, aprenda novas habilidades.

Quanto mais motivadora e divertida for a interação, maior a chance da pessoa com autismo permanecer espontaneamente na atividade conosco. Ao construirmos a interação, procuramos ajudar a pessoa com autismo a ficar altamente motivada por nossa ação. Oferecemos com empolgação alguma ação divertida baseada nas motivações e interesses da criança, daí o nome “ação motivadora”. Então se a criança gosta de música, por exemplo, nós podemos cantar, dançar e tocar algum instrumento musical. Se ela gosta de pular, nós podemos oferecer ajuda para ela pular na bola de fisioterapia.

Quando a criança já estiver altamente motivada por nossa ação, começamos a solicitar algo desafiador para ela. Por exemplo, o adulto faz cócegas (ação motivadora) várias vezes na criança sem pedir nada para ela. Apenas quando a criança já está altamente motivada pelas cócegas e demonstra de alguma forma querer mais, este adulto solicita algo desafiador para ela (o papel da criança na brincadeira), como falar uma palavra isolada ou uma sentença, olhar nos olhos, fazer algum gesto ou performance física específica, etc.

No momento em que a pessoa com autismo está altamente motivada por uma ação do adulto que a acompanha, ela tem a motivação como sua aliada para superar suas dificuldades e desenvolver habilidades. Ela supera suas dificuldades enquanto brinca com um outro ser humano! O prazer e a diversão na interação social levam a pessoa com autismo a querer interagir cada vez mais com outras pessoas e, conseqüentemente, aprender novas habilidades socioemocionais, cognitivas, sensório-motoras e de comunicação. Investir na conexão amorosa e divertida com a pessoa com autismo beneficia o relacionamento e o aprendizado.

É importante que cada atividade seja elaborada levando-se em conta as necessidades, os interesses e o estágio de desenvolvimento de cada indivíduo, de forma que a atividade seja motivadora, acessível e que promova com eficácia o desenvolvimento de habilidades específicas. Uma mesma atividade pode ser adaptada alterando-se: a meta educacional; o grau do desafio relacionado a uma mesma meta; a ação motivadora; o personagem ou a temática. As atividades a seguir trazem exemplos de como podemos oferecer estas variações para melhor atender às metas, aos interesses e necessidades da criança.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Histórias Bíblicas Mig&Meg Para Download


HISTÓRIAS BÍBLICAS MIG&MEG
VELHO E NOVO TESTAMENTO
BAIXAR HISTÓRIAS BÍBLICAS GRATUITAMENTE

Minions Com Rolinhos de Papel


Veja o passo a passo no site

Números e Quantidades Para Imprimir (Inglês)



BAIXAR ARQUIVO


Fonte: The Crafty Classroom

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

O Sapinho (Vídeo Motivacional)






Perfil de Uma Criança Autista

O ano está apenas começando e hoje me deparei com algo que será um desafio para minha experiência educacional. A mãe de uma das crianças novatas (da creche) nos falou que seu filho é diagnosticado com AUTISMO. Será interessante estudar sobre o assunto e claro, vou compartilhar com vocês minhas experiências (práticas) sobre o assunto.
Os sintomas que podem indicar que uma criança seja autista
Como identificar o autismo na infância. O autismo é um transtorno infantil que pode acontecer mais em meninos que em meninas.
As habilidades de uma criança autista podem ser altas ou baixas, dependendo tanto do nível de coeficiente intelectual, como da capacidade de comunicação verbal.
As causas do autismo ainda são desconhecidas. Mas existem algumas teorias:


Perfil de uma criança autista
1. As reações da criança autista e seu ambiente e meio social. Fala-se que o autista é assim porque não recebeu afetividade quando era pequeno. Que teve pais distantes, frios e demasiadamente intelectuais.

2. Deficiências e anormalidades cognitivas. Parece existir alguma base neurológica ainda que não esteja comprovada.

3. Certos processos bioquímicos básicos. Foi encontrado um excesso de secreção de serotonina nas plaquetas dos autistas.

Uma criança autista tem um “olhar que não olha”, mas que traspassa. No lactante, pode-se observar um balbuceio monótono do som, balbuceio tardio, e uma falta de contato com seu ambiente, assim como de uma linguagem gestual. Não segue a mãe e pode distrair-se com um objeto sem saber para que serve.

Na etapa pré-escolar se mostra estranho, não fala. Custa-lhe assumir-se e identificar aos demais. Não mostra contato de forma alguma. Podem apresentar condutas agressivas inclusive consigo mesma. Outra característica do autismo é a tendência a realizar atividades de maneira repetitiva. A criança autista pode dar voltas como um pião, fazer movimentos rítmicos com seu corpo tal como agitar os braços.

Os autistas com alto nível funcional podem repetir os comerciais de televisão ou realizar rituais complexos ao deitar-se para dormir. Na adolescência, fala-se que 1/3 dos autistas podem sofrer ataques epiléticos o qual se faz pensar em uma causa nervosa.

Sinais que podem indicar autismo infantil
- Acentuada falta de reconhecimento da existência ou dos sentimentos dos demais.
- Ausência de busca de consolo em momentos de aflição.
- Ausência de capacidade de imitação.
- Ausência de relação social.
- Ausência de vias de comunicação adequadas.
- Anormalidade na comunicação não verbal.
- Ausência de atividade imaginativa, como brincar de ser adulto.
- Marcada anomalia na emissão da linguagem com afetação.
- Anomalia na forma e conteúdo da linguagem.
- Movimentos corporais estereotipados.
- Preocupação persistente por parte de objetos.
- Intensa aflição em aspectos insignificantes do ambiente.
- Insistência irracional em seguir rotinas com todos seus detalhes.
- Limitação marcada de interesses, com concentração em um interesse particular.

Existe tratamento?
A educação especial é o tratamento fundamental e pode dar-se na escola específica ou na dedicação muito individualizada. Pode-se recorrer à psicoterapia ainda que os resultados sejam escassos devido a que o déficit cognitivo e da linguagem dificultam a terapêutica. O apoio familiar é de grande utilidade. Os pais devem saber que a alteração autista não é um transtorno relacional afetivo de criança.

Deve-se considerar também o tratamento farmacológico, que deverá ser indicado por um médico especialista.

Pode-se curar o autismo?
O autismo não tem cura. É uma síndrome que definiu, em 1943, um psiquiatra de origem austríaca chamado Leo Kanner. Hoje em dia, 50 anos depois, ainda não se conhecem as causas que originam essa grave dificuldade para relacionar-se.

O que os pais devem fazer?
Os pais que suspeitam que seu filho pode ser autista, devem consultar um pediatra para que os indiquem um psiquiatra de crianças e adolescentes, que podem diagnosticar com certeza o autismo, seu nível de gravidade e determinar as medidas educacionais apropriadas. O autismo é uma enfermidade, e as crianças autistas podem ter uma incapacidade séria para toda a vida. No entanto, com o tratamento adequado, algumas crianças autistas podem desenvolver certos aspectos de independência em suas vidas.

Os pais devem animar seus filhos autistas para que desenvolvam essas habilidades que fazem uso dos seus pontos fortes de maneira que se sintam bem consigo mesmos. O psiquiatra, além de tratar a criança, pode ajudar a família a resolver o stress; por exemplo, pode ajudar aos irmãozinhos, que possam sentir-se ignorados pelo cuidado que requer a criança autista, ou que se sintam constrangidos de levarem seus amiguinhos à casa. O psiquiatra de crianças e adolescentes pode ajudar aos pais a resolverem os problemas emocionais que surjam como resultado de conviver com uma criança autista, e orientá-los de maneira que possam criar um ambiente favorável para o desenvolvimento e o ensino da criança.

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Crachás Coloridos Para Imprimir (Menino e Menina)

Clicar para ampliar e salvar com qualidade de imagem